COMO ELIMINÁ-LAS? clique aqui...
TÁTICA DE COMBATE ÀS ESTRIAS. clique aqui...
TRATAMENTOS PARA COMBATER AS ESTRIAS. clique aqui...
 
PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

1 - O que são as estrias e como são causadas?
As estrias são queixa muito frequente nos consultórios de dermatologistas, pediatras, endocrinologistas e obstetras. Estrias são fissuras da pele formadas por sua distensão excessiva e podem ocorrer como consequência do crescimento rápido e exagerado na puberdade ou pelo aumento demasiado do peso, observados na obesidade, na gravidez ou em distúrbios hormonais ou, ainda, a associação de ambos. O uso prolongado de corticóides em cremes ou via oral também pode provocar o surgimento das estrias.

 
2 - Como as estrias se apresentam?
As estrias ocorrem nas áreas de estiramento e distensão da pele distribuída ao longo do corpo. Se recentes, são geralmente elevadas e vermelhas, porém podem ser brancas, e frequentemente coçam. As estrias tardias são geralmente brancas e artróficas. Ao toque, são percebidas como depressões lineares, quando comprimidas demonstram o vazio que representam.

3 – Existe diferença entre homens e mulheres, quanto à ocorrência de estrias?
As estrias acometem principalmente as mulheres, embora ocorram também nos homens. Independentemente do sexo, realizamos o mesmo tratamento.

4 - Quais fatores favorecem o surgimento das estrias?
A espessura e a elasticidade da pele são definidas geneticamente e são fatores importantes que devem ser considerados no surgimento das estrias.
A obesidade, a gravidez com excesso de peso, o uso prolongado de corticóides por via oral ou tópicos são algumas situações que favorecem o surgimento das estrias.

5 – Como prevenir o surgimento das estrias na gravidez?
A prevenção é feita, principalmente, com o controle rigoroso do peso, pois o aumento excessivo deve ser evitado. O Uso de loções hidratantes, sob orientação do dermatologista, pode evitar ou minimizar o surgimento das estrias.

6- Como é realizado o tratamento das estrias?
Dividimos as estrias em recentes ou tardias, pois os tratamentos são diferentes.

7 - Como tratar as estrias recentes?
Quando uma estria recente é tratada logo após seu surgimento, é possível favorecer a reparação da pele, evitando assim, a formação da atrofia.
Apesar da multiplicidade de tratamentos (mesoterapia, microdermoabrasão etc.) a aplicação de cremes e peelings a base de ácido retinóico mostrou-se o método mais eficaz.
Atualmente, o emprego do laser tem possibilitado resultados muito satisfatórios no tratamento de estrias recentes. O tratamento a laser é feito em sessões mensais cujo número dependerá da largura , aquelas mais estreitas respondem e desaparecem completamente nas primeiras sessões, as mais largas, no entanto, exigirão sessões adicionais e melhoram de forma variável, e da sua localização, áreas que não estão sujeitas a hiperestiramento, melhoram mais rapidamente, exemplo, panturrilhas.

8 - Como são tratadas as estrias tardias.
Utilizamos desde 1997, transcisão (divulsão transdérmica) para o tratamento de estrias tardias. A transcisão baseia-se na capacidade de reparação da pele após ser lesionada. O trauma é provocado cirurgicamente por uma agulha de grosso calibre, sob anestesia local em centro cirúrgico ambulatorial e realizado em sessões.
Os resultados iniciais poderão ser observados nas primeiras semanas após o procedimento, embora, os resultados finais sejam observados entre 6 meses e 1 ano, tempo necessário para que seja concluída a remodelação do colágeno e reparada a pele . Todas as estrias tardias respondem ao tratamento, independente do tempo de surgimento, sua largura e localização. É possível estabelecer o prognóstico após avaliação pelo dermatologista.

9 - Qual a duração do tratamento das estrias.
O tempo necessário para a execução do tratamento é diretamente proporcional à extensão da área acometida, cada sessão de 10x10 cm de área tratada demora em torno de 30 minutos para ser executada, variando com a habilidade do profissional.

10 - Qual o custo do tratamento?
O custo do tratamento está diretamente vinculado à extensão da área acometida sendo entretanto, acessível à maioria da população. Por determinação do Conselho Regional de Medicina é proibida a veiculação de valores de tratamentos, sendo necessária uma consulta prévia para avaliação clínica e orçamento.

11 - A transcisão é realmente eficiente no tratamento das estrias?
Por promover a reparação da pele lesada, a transcisão é um tratamento altamente eficaz para as estrias tardias e poderá ser repetido quantas vezes forem necessárias até atingirmos o fechamento completo das estrias.

12 - A transcisão é um tratamento definitivo?
Concluído o tratamento, o resultado é definitivo, porém se as condições precipitantes (obesidade, gravidez,uso de medicamentos) recorrerem, novas estrias poderão surgir devido à predisposição individual, que não conseguimos alterar.

13 - São necessários tratamentos complementares das estrias após a transcisão?
Realizada a transcisão, consideramos a estria como recente e passamos a tratá-la com laser e peelings de ácido retinóico mensais e aplicações de creme de ácido retinóico, vitamina C e loções hidratantes.

14 - Podem ser praticados exercícios físicos após o tratamento?
Recomendamos durante o pós-operatório - período de 07 dias, que sejam evitados exercícios físicos que possam descolar os curativos e resultar em cicatrizes nos pontos de introdução da agulha. A seguir, vida esportiva normal. Exposição das áreas tratadas ao sol é proibida até a conclusão do tratamento, pelo risco de manchar a pele.

15 - Onde realizar o tratamento?
Vários dermatologistas do Brasil foram treinados e são treinados anualmente em workshops cirúrgicos que promovemos e congressos da especialidade para a execução da transcisão. Consulte o seu dermatologista.

16 - Dicas para a prevenção das estrias.
A- durante o crescimento: uso de loções hidratantes nas áreas mais susceptíveis (coxas, glúteos, mamas, dorso, ombros e panturrilhas)
B - evitar o aumento excessivo de peso – obesidade infantil e na puberdade.
C- na gravidez - uso frequente de hidratantes após o sexto mês, além do controle rigoroso do peso.

A despeito das medidas preventivas, caso ocorram estrias, o seu tratamento deverá ser realizado precocemente, pois os resultados serão melhores.

Al. Ricardo Paranhos, nº 974 St. Marista 74.180-050 - Goiânia-GO - Fone: (62) 3241-0933

SHIN CA-1 BL. A SL.366 - Lago Norte - Shopping Deck Norte - 71.503-501 Brasília-DF - Fone: (61) 3328-3907

www.rogerioranulfo.com.br
rranulfo@uol.com.br
© - Copyright 2003-2004 Todos os direitos reservados